sábado, 31 de março de 2018

Desperta Brasil


História, Vingança e Justiça


Golden Brasil - Show Musical - Overture - Canta Brasil -1ª e 2º finais

“Studio Hilton Prado Antonelli - www.hiltonpradoantonelli.com.br - Golden Brasil - neste show quando atuei por sete anos, foi praticamente minha despedida dos palcos. Naquela ocasião, já estava administrando vozes, paralelamente, há mais de seis anos, portanto, feliz por estar constituindo uma nova forma de orientar pessoas com o ato de cantar. Este show foi produzido e dirigido por Mauricio Sherman, produzido por Chico Recarey na casa de espetáculos Scala RJ. Na direção musical o saudoso maestro Guio de Moraes, coreografia de Ismael Guizer, no elenco, dezenas de bailarinos, modelos, passistas, atrações como: Serginho e "família" do pandeiro, Os Originais do Samba, El Gaúcho, Cláudia (depois Watusi), sem mencionar a parte técnica, camareiras, enfim, a estrutura espetacular que era o Scala. Neste tape você poderá avaliar um .pouco do que era o show Golden Brasil Divirtam-se”




Watusi & Grande Otelo - 50 Anos de Carreira



Dercy Gonçalves e Grande Otelo,1956, "Vou ver Iaiá"

“Dercy Gonçalves e Grande Otelo,1956, "Vou ver Iaiá" Informações - Imagens : cenas do filme "Depois Eu Conto",1956, direção José Carlos Burle e Watsom Macedo (cenas musicais), argumento Alinor Azevedo, Berliete Júnior, José Carlos Burle e Anselmo Duarte, roteiro José Carlos Burle e Alinor Azevedo, Companhia produtora Watson Macedo Produções Cinematográficas, distribuidora Unida Filmes / Cinedistri. Cenas iniciais Dercy Gonçalves e Anselmo Duarte, cena musical Grande Otelo e Dercy Gonçalves, com imagens de Heloísa Helena, Humberto Catalano, Anselmo Duarte, Eliana Macedo e Wilson Viana entre risos e aplausos . Áudios "Vou ver Iaiá" composição José Batista e Norival Reis, interpretação Dercy Gonçalves e Grande Otelo (original do filme) e fragmento "Noite de Lua" composição e interpretação Dilermando Reis. Produção Edição do Clip: Radio Educativa Mensagem (radiosantos) Acervo (REM).”




Grande Otelo e Virgínia Lane em "Boneca de Piche" (1973) - Tv Globo


“Quadro especial para o "Fantástico", exibido em 1973, trazendo a interpretação marcante de Virgínia Lane e Grande Otelo, para o popularíssimo número "Boneca de Piche", de Ary Barroso e Luiz Iglésias. O samba, que já foi gravado por nomes como Carmen Miranda, Aracy Côrtes, Emilinha Borba e outros mitos da MPB, ganhou interpretação definitiva com Grande Otelo, no papel do mulato. Virgínia Lane, considerada a maior vedete brasileira de todos os tempos, foi uma das responsáveis por imortalizar o número nos palcos do teatro de revista.”




Grande Otelo (1970) - Quem Tem Medo da Verdade?


“Exibido pela Tv Record, entre os anos de 1968 a 1971, o 'Quem Tem Medo da Verdade?', pode ser considerado o precursor dos programas sensacionalistas. Uma verdadeira escola para os atuais programas do gênero. A atração contava com a produção de um dois maiores diretores artísticos do Brasil, Carlos Manga. Além de produtor, Manga acumulava ainda a função de apresentador, (presidente do júri). Neste episódio do 'Quem Tem Medo da Verdade?', que teve mais de 2 horas de duração, o célebre ator Grande Otelo está no banco dos réus. Respondendo por crimes causados pelo vício, que sempre fora de conhecimento público: O alcoolismo. Entre os quais, agressão física, descumprimento de suas obrigações profissionais, que causaram enormes prejuízos a diretores e companhias cinematográficas. O júri era composto por personalidades míticas como, Adhemar Ferreira da Silva (1º bicampeão olímpico brasileiro no salto triplo) e o compositor Adoniran Barbosa. Além dos tradicionais provocadores, os nem um pouco ilustres, Clécio Ribeiro, Paulo Azevedo e Sílvio Luiz. A defesa do ator foi feita pelo diretor José Carlos Burle, grande personalidade do nosso cinema, pioneiro e responsável por vários êxitos cinematográficos, como 'Moleque Tião' (1943 - primeiro filme que Otelo protagonizou), um dos fundadores da Atlântida, excelente compositor e músico, além de um grande orador. Mesmo a brilhante defesa de Burle, (que aqui podemos ver em um dos poucos registros filmados do diretor), não salvou Otelo, que foi condenado por seis votos à dois.”






VEJA SERGIO MORO NOS BASTIDORES ANTES DA ENTREVISTA PARA RODA VIVA

“Bastidores da entrevista do Sérgio MORO para a roda livre na TV cultura”


Debate: Os recados de Sergio Moro no Roda Viva




Vingança
Linda Batista
 



Eu gostei tanto
Tanto quando me contaram
Que lhe encontraram
Chorando e bebendo
Na mesa de um bar
E que quando os amigos do peito
Por mim perguntaram
Um soluço cortou sua voz
Não lhe deixou falar
Ai, mas eu gostei tanto
Tanto quando me contaram
Que tive mesmo que fazer esforço
Pra ninguém notar

O remorso talvez seja a causa
Do seu desespero
Você deve estar bem consciente
Do que praticou
Ai, me fazer passar essa vergonha
Com um companheiro
E a vergonha
É a herança maior que meu pai me deixou

Mas enquanto houver força em meu peito
Eu não quero mais nada
Só vingança, vingança, vingança
Aos santos clamar
Você há de rolar como as pedras
Que rolam na estrada
Sem ter nunca um cantinho de seu
Pra poder descansar

Você há de rolar como as pedras
Que rolam na estrada
Sem ter nunca um cantinho de seu
Pra poder descansar
Composição: Sabe quem é o compositor?




DESPERTA BRASIL
Linda Batista

Ora, viva a minha terra e o meu Auriverde Pendão! Desperta, Brasil! Raiou o teu alvorecer Desperta, Brasil! Queremos lutar Queremos vencer Pequenina sei que sou mas sou brasileira, também Desperta, meu Brasil Você não pode perder pra ninguém (Desperta, Brasil!) Todos temos uma só Bandeira Temos todos um só coração Mas, ora, viva a minha terra que tanta beleza encerra! E o meu Auriverde Pendão!





LINDA BATISTA - DESPERTA BRASIL - SÉRIE RELÍQUIAS - acervo de PEDRO LECUONA

“189 - SÉRIE RELÍQUIAS - parte do acervo pessoal de PEDRO LECUONA - BRASIL - gravação original.”

“Linda Baptista & Luiz Americano - DESPERTA BRASIL - samba de Grande Otelo. Ano de 1942. http://www.jornalggn.com.br/noticia/1... Samuel Machado Filho - Quando Linda Batista gravou este samba na Victor, em 10 de julho de 1942, matriz S-052578, todos exigiam nas ruas do então presidente Getúlio Vargas nossa declaração de guerra aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão), "Queremos lutar, queremos vencer", e os torpedeamentos de nossos navios sucediam-se tragicamente. Quando o disco saiu, em outubro de 42, com o n.o 80-0000-A, essa declaração de guerra já estava formalizada.”






Acorda Brasil
Unidade de Guerrilha



 
Acorda brasil:unidade de guerrilha
Divulga ai no feceboook sua insatisfação
O povo vai pra rua querendo solução
Ordem e progresso, é hora de canta
Não a corrupção passe livre vai fica

Chega de mensalão está na hora da mudança
No vende da bandeira encontramos esperança
Em mundo desigual com muitos caras de pal.
Que mentem pra você e dizem ser normal
Pega fila no hospital como se fosse imortal

Minha mãe e sua tia já não aguenta mais
Pega o buzão lotando e a passagem aumenta mais
Ônibus precários chamados de porcarias
E pegando fogo que antedeem na bahia
Sem fala no valor na passagem
Que enriquece os bonitão
O brasileiro que respeito
Estamos indo pra ação
E isso e manifestação
É povo na missão

Acorda brasil é hora da justiça
O gigante acordou verbo e letra terrorista
O momento é agora vamos todos protesta
Saia da sua casa abra boca vamos la
Bem aventurando os que tem sede de justiça pois serram saciados
Volta trilha queremos escola no padrão fifa
De quer adianta fazer copa para gringos vi pra cri
Se nem os brasileiros pode apaga para assistir
Se paga o açúcar se paga o feijão

Me diz ai agora quem quer ver a seleção?
Tu prefere passa fome ou está querendo se amostra
Disser que é o cara querendo ver neymar
Bilhões de reais sendo investidos na copa do mundo
Eu já calculo e prejuízo
Nada de saúde nada de educação
Bem vindo a o brasil o penta campeão
Quando seu filho fica doente leva ele no estádio
Isso é sacanagens protesto ate romário
Mais não fique parado se liga nesse refrão:
Composição: LEANDRO SOUZA

Memória Roda Viva

Grande Otelo
15/6/1987
A escolha do próprio nome, as tragédias da vida, a bebida e a carreira brilhante são temas tratados com sinceridade e bom humor nesta entrevista






Referências

https://youtu.be/GvHC63w10lo
https://youtu.be/GvHC63w10lo
https://youtu.be/ofO3Ps2PBOg
https://youtu.be/4rDsn2sB3WQ
https://www.youtube.com/watch?v=4rDsn2sB3WQ
https://youtu.be/3wnu8OEYwGY
https://www.youtube.com/watch?v=3wnu8OEYwGY
https://youtu.be/i1q2IWktQ6Y
https://www.youtube.com/watch?v=i1q2IWktQ6Y
https://youtu.be/RqWk1T9EHvU
https://youtu.be/KP6g1uroUDw
https://www.youtube.com/watch?v=KP6g1uroUDw
https://youtu.be/wlU1Q46lmy0
https://www.letras.mus.br/linda-batista/924448/
https://www.letras.com.br/linda-batista/desperta-brasil
https://youtu.be/Ik98-5dzVKQ
https://www.youtube.com/watch?v=XcbLDFz9Pjg
https://www.youtube.com/watch?v=Ik98-5dzVKQ
https://youtu.be/AWdE7FepyN0
https://www.letras.mus.br/unidade-de-guerrilha/acorda-brasil/
http://www.rodaviva.fapesp.br/materia/203/entrevistados/grande_otelo_1987.htm

quinta-feira, 29 de março de 2018

Mestre Carreiro do STF


Pagode de Brasília


Tião Carreiro e Pardinho & Chitãozinho e Xororó-Pagode em Brasília(HD).WMG


NA REDE EM ÁGUAS TURVAS


“TIRA OS MINISTROS DO STF E COLOCA XITÃO E XORORÓ”





“SE FOR PARA NEGAR AS EVIDÊNCIAS E DISFARÇAR AS APARÊNCIAS, QUE SEJA FEITA POR PROFISSIONAIS”




Mestre Carreiro
Tião Carreiro e Pardinho



Mestre Carreiro, como chama vosso boi?
Chama Saudade de um amor que já se foi
Mestre Carreiro, como chama vosso boi?
Chama Saudade de um amor que já se foi

Lá vem o dia chegando
Vem chegando assossegado
lá vem vindo o sol queimando
Com seu raio avermeiado

Levanto de madrugada
O meu gado eu vou buscar
A boiada já no carro
Vou indo pros cafezá oi

Eu tenho meu boi Barroso
Pintassilgo e Bandiá
Minha boiada é ligeira
Disso eu posso me gabar oi

La vai meu carro na estrada
Vai cantando sem pará
No riacho da graúna
Eu paro pra descansá

Eu chego lá no meu rancho
Descanso a minha boiada
Estendo couro no chão
Da minha cama arranjada



Mestre Carreiro
Rolando Boldrin



Mestre Carreiro

Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi
Bis

Lá vem o dia chegando vem chegando assussegado
Lá vem vindo o sor queimando com seu zoio avermeiado
Chama Sodade de um amor que já se foi
Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi

Levanto de madrugada o meu gado eu vou buscar
A boiada já no carro vô indo pros cafezá
Chama Sodade de um amor que já se foi
Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi

Eu tenho meu boi Barroso, Pintassilgo e Bandiá
Minha boiada é de chera disso eu posso me gabá
Chama Sodade de um amor que já se foi
Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi

Eu chego lá no meu rancho descanso a minha boiada
Estendo um couro no centro da minha cama arranjada
Chama Sodade de um amor que já se foi
Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi

Mestre Carreiro como chama vosso boi ?
Chama Sodade de um amor que já se foi
Bis



Vide Vida Marvada
Rolando Boldrin



Corre um boato aqui donde eu moro
Que as mágoas que eu choro são mal ponteadas
Que no capim mascado do meu boi
A baba sempre foi santa e purificada
Diz que eu rumino desde menininho
Fraco e mirradinho a ração da estrada
Vou mastigando o mundo e ruminando
E assim vou tocando essa vida marvada

É que a viola fala alto no meu peito humano
E toda moda é um remédio pros meus desenganos
É que a viola fala alto no meu peito, humano
E toda mágoa é um mistério fora deste plano
Pra todo aquele que só fala que eu não sei viver
Chega lá em casa pruma visitinha
Que no verso ou no reverso da vida inteirinha
Há de encontrar-me num cateretê

Tem um ditado tido como certo
Que cavalo esperto não espanta a boiada
E quem refuga o mundo resmungando
Passará berrando essa vida marvada
Cumpadi meu que envelheceu cantando
Diz que ruminando dá pra ser feliz
Por isso eu vaqueio ponteando
E assim procurando minha flor-de-lis
Composição: Rolando Boldrin




Tonico e Tinoco - Inhambu xintã e o xororó



Eu não troco meu ranchinho
Amarradinho de cipó
Por uma casa na cidade
Nem que seja bangalô.
Eu moro lá no deserto,
Sem vizinho eu vivo só
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó

O inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó

Quando rompe a madrugada,
Canta o galo carijó
Pia triste a coruja,
Na cunhera do paiol
Quando vai o entardecer,
Pia triste o jaó
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó

É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó

Eu não dou com a terra roxa,
Com a seca larga o pó
Na baixada do areião,
Eu sinto um prazer maior
A rolinha quando anda,
No areião faz caracó,
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó

É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó

Eu faço minha caçada,
Bem antes de sair o sol
Espingarda cartucheira,
Patrona de tiracó,
Tenho buzina e cachorro,
Pra fazer forrobodó
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó

É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó

Quando eu sei de uma noticia,
Que outro canta melhor
Meu coração dá um balanço,
Fica meio banzaró
Suspiro sai do meu peito,
Que nem bala joveló
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó

É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó
Composição: Athos Campos / Serrinha



Chitãozinho e Xororó (part. Sérgio Reis)
Chitãozinho & Xororó


inhambu xororó


inhambu chitão

“O da foto acima é o inhambu xororó e o de baixo é o inhambu chitão. São aves pertencentes à ordem Tynamídea, família Tynamídea, ao mesmo gênero Crypturellus. São, portanto, muito confundidas, por serem muito parecidas. O xororó é menor, cerca de 18 cm, e o Chitão, um pouco maior, cerca de 21 cm. O xororó é mais avermelhado, o chitão mais acinzentado, com a traseira meio pedrês, o que lhe valeu o nome por parecer, aos olhos dos matutos interioranos, com o estampado de um pano de chita. Fêmeas e machos quase não se diferem, sendo os machos menores nas duas espécies, como acontece com todas as aves dessa ordem: macucos, perdizes, jaós, codornas e inhambus. Os nomes científicos são respectivamente, Crypturellus parvirostris e Crypturellus tataupa. O xororó vive em quase todo o Brasil e em vários países da América do Sul. O Chitão vive mais na faixa litorânea, chegando a Paraguai, Uruguai e Argentina. Aqui no cerrado, encontramos muitos xororós. Na Chácara onde moro, antes do anoitecer, escuto muitos piarem. O Chitão não temos por aqui. Em Ibiraçu, nos capoeirões, ouvimos seus piados, mais frequentes no início e no final do dia. Fêmeas e machos piam de forma diferente. Para ouvirem o xororó http://www.xeno-canto.org/browse.php?query=crypturellus+parvirostris e para ouvirem o xitão http://www.xeno-canto.org/browse.php?query=crypturellus+tataupa
Abaixo vai a letra da música Inhambu Chitão e o Xororó que foi imortalizada na interpretação da dupla caipira Tonico e Tinoco e que inspirou o nome de outra dupla sertaneja famosa, Chitãozinho e Xororó.

Eu não troco meu ranchinho
Amarradinho de cipó
Por uma casa na cidade
Nem que seja bangalô.
Eu moro lá no deserto,
Sem vizinho eu vivo só
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó
É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó
Quando rompe a madrugada,
Canta o galo carijó
Pia triste a coruja,
Na cumeeira do paiol
Quando chega o entardecer,
Pia triste o jaó
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó
É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó
Não me dou com a terra roxa,
Com a seca larga o pó
Na baixada do areião,
Eu sinto um prazer maior
Ver a rolinha no andar,
No areião faz caracol
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó
É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó
Eu faço minhas caçadas,
Antes de sair o sol
Espingarda de cartucho,
Patrona de tiracolo
Tenho buzina e cachorro,
Pra fazer forrobodó
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó
É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó
Quando sei de uma noticia,
Que outro canta melhor
Meu coração dá um balanço,
Fica meio banzaró
Suspiro sai do meu peito,
Que nem bala jeveló
Só me alegra quando pia
Lá praqueles cafundó
É o inhambu-xitã e o xororó
É o inhambu-xitã e o xororó”




Mestre Carreiro - Mozart e Mozair



Referências


https://youtu.be/wJ4IO6kng7s
https://i.ytimg.com/vi/Cos_N5G0C-E/0.jpg
https://i1.ytimg.com/vi/_1am79MvO1A/hqdefault.jpg
https://www.letras.mus.br/tiao-carreiro-e-pardinho/1654414/
https://youtu.be/XCfkvS3YrQA
https://youtu.be/rJf8y3imM-Y
https://www.letras.mus.br/rolando-boldrin/1267495/
https://youtu.be/Xr_kKYwBywc
https://www.letras.mus.br/rolando-boldrin/222614/
https://youtu.be/sMKUUMLXwYM
https://youtu.be/iq5DBPFT0Vg
http://4.bp.blogspot.com/_RorPxGIZHrM/S4PUX8BvKwI/AAAAAAAAASc/D1GpaINn0mE/s400/xoror%C3%B3.gif
http://1.bp.blogspot.com/_RorPxGIZHrM/S4PUXiEJNlI/AAAAAAAAASU/ZW6NbqFEwX0/s400/chit%C3%A3o.jpg
http://gereblog.blogspot.com.br/2010/02/inhambu-chitao-e-o-xororo.html
https://youtu.be/QLI-g97p15k

quarta-feira, 28 de março de 2018

Fraseador


Manoel de Barros: em que acreditar senão no riso?


Heitor Gomes / Fraseador (Manoel de Barros)

FRASEADOR
Manoel de Barros
in, Memórias Inventadas (VII)
Editora Planeta
São Paulo, 2003


Hoje eu completei oitenta e cinco anos. O poeta nasceu de treze. Naquela ocasião escrevi uma carta aos meus pais, que moravam na fazenda, contando que já decidira o que queria ser no meu futuro. Que eu não queria ser doutor. Nem doutor de curar, nem doutor de fazer casas, nem doutor de medir terras. Que eu queria ser fraseador.
Meu pai ficou meio vago depois de ler a carta. Minha mãe inclinou a cabeça. Eu queria ser fraseador e não doutor. Então, o meu irmão insistiu: - "Mas se fraseador não bota alimento em casa, nós temos de botar uma enxada na mão desse menino prá ele deixar de variar".
A mãe baixou a cabeça um pouco mais. O pai continuou meio vago. Mas não botou enxada.


Fraseador



Hoje eu completei oitenta e cinco anos. O poeta nasceu de treze. Naquela ocasião escrevi uma carta aos meus pais, que moravam na fazenda, contando que eu já decidira o que queria ser no meu futuro. Que eu não queria ser doutor. Nem doutor de curar nem doutor de fazer casa nem doutor de medir terras. Que eu queria era ser fraseador. Meu pai ficou meio vago depois de ler a carta. Minha mãe inclinou a cabeça. Eu queria ser fraseador e não doutor. Então, o meu irmão mais velho perguntou: Mas esse tal de fraseador bota mantimento em casa? Eu não queria ser doutor, eu só queria ser fraseador. Meu irmão insistiu: Mas se fraseador não bota mantimento em casa, nós temos que botar uma enxada na mão desse menino pra ele deixar de variar. A mãe baixou a cabeça um pouco mais. O pai continuou meio vago. Mas não botou enxada.

 Memórias inventadas: a Infância / Manoel Barros. São Paulo: Planeta, 2003.






"Fraseador", de Manoel de Barros #saraunarede

Fraseador




O Fraseador
teatro do bolhão De e com Pedro Lamares”



Bolhão

Bolhão e um substantivo.

O nome ou substantivo é o tipo de palavras cujo significado determina a realidade. Os substantivos denominam todas as coisas: pessoas, objetos, sensações, sentimentos, etc.

O QUE SIGNIFICA BOLHÃO EM PORTUGUÊS



Mercado do Bolhão

O Mercado do Bolhão é um dos mercados mais emblemáticos da cidade do Porto, em Portugal. A sua construção caracteriza-se pela sua monumentalidade, própria da arquitectura neoclássica. Os vendedores no mercado distribuem-se por dois pisos. Existem quatro entradas principais a diferentes cotas: a entrada sul dá acesso ao piso térreo é feito pela Rua Formosa, as entradas laterais pela Rua de Sá da Bandeira e pela Rua Alexandre Braga dão acesso a um patamar intermédio com escadarias que ligam ambos os pisos, e finalmente, a entrada norte pela Rua de Fernandes Tomás, que dá acesso directo ao piso superior. O Mercado do Bolhão é vocacionado sobretudo para produtos frescos, sobretudo alimentares. Os vendedores estão divididos em diferentes secções especializadas, designadamente: zona de peixarias, talhos, hortícolas e florais. Na parte exterior do edifício existem lojas de outras variedades, como vestuário, cafetaria, perfumarias, tecidos, etc. O edifício do mercado foi homologado como imóvel de interesse público em 22 de Fevereiro de 2006. Em 2013 foi classificado como monumentos de interesse público.




13 falas de Lula que revelam seu verdadeiro caráter

“O ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), perdeu a chance de ficar calado em momentos de pura infelicidade.”




transverberar
verbo
1.
transitivo direto
deixar passar (cor, luz etc.); refletir.
"a vidraça transverberava a iluminação da rua"
2.
intransitivo
traspassar um meio; transluzir.
"através das árvores, a claridade solar transverberava na floresta"
3.
transitivo direto e pronominal
mostrar(-se) claramente; manifestar(-se), revelar(-se).
"seu rosto transverberava felicidade"
Origem
ETIM lat. transverbĕro,as,āvi,ātum,āre 'perfurar de lado a lado'





Manuel Bandeira - O Lutador [Poema] 

“Leitura de "O Lutador", poema de Manuel Bandeira, encontrado no livro "Belo belo", publicado pela Global Editora - @GlobalEditora


Buscou no amor o bálsamo da vida, 
Não encontrou senão veneno e morte. 
Levantou no deserto a roca-forte 
Do egoísmo, e a roca em mar foi submergida!


Depois de muita pena e muita lida, 
De espantoso caçar de toda sorte, 
Venceu o monstro de desmedido porte 
— A ululante Quimera espavorida!

Quando morreu, línguas de sangue ardente, 
Aleluias de fogo acometiam, 
Tomavam todo o céu de lado a lado,

E longamente, indefinidamente, 
Como um coro de ventos sacudiam 
Seu grande coração transverberado!







5º Ciclo de conferências | Os poetas pelos poetas: Manoel de Barros: em que acreditar senão no riso?

Referências

https://youtu.be/0p8KVxyYkpw
http://casaderafael.blogspot.com.br/2013/09/fraseador-manoel-de-barros-conto.html
https://youtu.be/TFHyiBsNrmM
https://natrodrigo.wordpress.com/category/manoel-de-barros/
https://youtu.be/rvQYGqUdgSY
https://www.youtube.com/watch?v=rvQYGqUdgSY
https://staticserver2.com/edu/static/pt/800/mercado-do-bolhao.jpg
https://educalingo.com/pt/dic-pt/bolhao
https://youtu.be/B6wN-1ZK17c
https://www.youtube.com/watch?v=B6wN-1ZK17c&feature=youtu.be
https://www.google.com.br/search?q=transverbera%C3%A7%C3%A3o+significado&oq=transverberado!&aqs=chrome.1.69i57j0l5.2838j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8#dobs=transverberar
https://youtu.be/odT-ksqGKoI
https://youtu.be/ryy9QPN8oOs
http://wp.clicrbs.com.br/aldobrasil/files/2010/10/memarias-inventadas-para-crianaas-capia.jpg